7 de ago de 2014

Lençóis Maranhenses



Entre os dias 24 e 30 de julho de 2014 fui à Barreirinhas no Maranhão. Barreirinha para que não sabe, é a porta de entrada para quem quer conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

O parque localiza-se na Microrregião dos Lençóis Maranhenses, ao norte do Brasil, no litoral nordeste do estado do Maranhão. Com um perímetro de 270 km e156 584 ha de área, o parque está inserido no bioma costeiro marinho, com ecossistemas de mangue, restinga e dunas. Lençóis Maranhenses abriga em seu interior aproximadamente 90 000 ha de dunas livres e lagoas interdunares de água doce, além de grandes áreas de restinga e de costa oceânica. A faixa de dunas avança, a partir da costa, de 5 a 25 km em direção ao interior. Na região encontra-se a nascente do rio Preguiças, que corta o parque até a sua foz no oceano Atlântico.

A sede do parque está a cerca de 260 km da capital do estado, São Luís, às margens do rio Preguiças. O acesso ao parque se dá tanto por via terrestre, através da BR 135, por via Marítima, entrando no canal do rio Preguiças em Atins, por via Fluvial, a partir de Barreirinhas, através do rio Preguiças, e por via aérea, pelo Aeroporto Internacional de Parnaíba no Estado do Piauí.

O acesso ao parque por via terrestre a partir de São Luís se dá pelas rodovias BR-135 e MA-402, a Translitorânea, em 272 km de estradas asfaltadas até Barreirinhas. Ônibus intermunicipais partem diariamente do Terminal Rodoviário de São Luís com destino a Barreirinhas. A partir de Barreirinhas adentra-se a área do parque através do rio Preguiças, usando tanto a linha regular com barcos, em uma viagem de cerca de quatro horas de duração até a foz do rio, como lanchas particulares, que fazem o trajeto em aproximadamente uma hora e meia. Barreirinhas possui uma pista de pouso para aeronaves de pequeno porte, recebendo voos fretados saindo de São Luís, que tem em torno de 50 minutos de duração. Fonte: Wikipedia.

Eu sai de Teresina fazendo trilha de carro até Barreirinhas. Sai de Teresina pelo asfalto até a cidade de Miguel Alves, atravessei o Rio Parnaíba no pontal. Passei pela primeira cidade maranhense, Duque Bacelar em seguida, por Buriti até chegar na em Brejo. Em Brejo almocei e, segui  pelo asfalto até entrar novamente na trilha de pouco mais de 100 km até Barreirinhas. Quem se interessar por este percurso, posso disponibilizar o track, bastando informar o e-mail para o envio.

Barreirinha é dotada de uma grande rede de pousadas e hotéis. Os turistas além de conhecer a principal atração do lugar que é os lençóis maranhenses, ele pode também fazer um passeio de barco pelo rio preguiças, passando pela localidade de Vassoura onde é possível admirar pequenas dunas de areia. Seguindo em frente, chega-se a praia do Caburé onde o turista pode alugar uma quadriciclo para fazer uma passeio na praia.

CLICK NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS!

Na estrada, rumo à Barreirinhas

















Chegada ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Para vermos as dunas, a pessoa tem que encarar essa subida para testar o preparo físico.


O esforço vale a pena, a paisagem é deslumbrante. Vejam as fotos.





















A título de informação, além das inúmeras opções de hospedagem em Barreirinhas, eu indico o Gran Solares Resort.



                    




















                              
Saindo do Pier do Resort, você pode alugar uma lancha particular (mais caro, em torno de R$ 250,00) ou, ir num pacote com outras pessoas. O ruim da segunda opção é que você fica sem liberdade para voltar na hora que quiser, como também, conhecer com mais calma os lugares.
Nesse passeio até a praia do Caburé, tem uma parada em Vassouras onde além do bar, o visitante pode apreciar os macacos que habitam o local e, também, conhecer uma espécie de pequenos lençóis.





No caminho até Vassouras é possível admirarmos a vegetação às margens do rio preguiças.



                                                 Algumas imagens de Vassouras.































Antes de chegarmos à Caburé, passamos por Mandacaru onde é possível vermos o farol do preguiças

                                                              Enfim, Caburé!


                                 Um hora a festa tem que acabar, então, de volta pra casa.