2 de ago de 2012

Castelo das Barrocas

A cidade de Castelo do Piauí, antiga Marvão, tem esse nome devido uma formação rochosa em forma de um castelo que fica a 17 km da sede do município.
Mas outras informações davam conta da existência de mais dois "castelos de pedra", o dos Tucuns e das Barrocas. O dos Tucuns fico devendo as fotos para outra oportunidade. Desde que viajo para a região de Castelo, que eu tinha como objetivo visitar o "Castelo das Barrocas" mas, nunca dava certo porque havia e há uma impedimento por uma disputa das terras onde se localiza o castelo e, também, devido a distância e dificuldade de acesso.
Desta vez, pedi autorização a Dona Joaninha, uma das proprietária do local, que me autorizou fotografar o local.   O segundo passo foi encontrar uma pessoa que conhecesse o local, depois de falar com o Júnior, ele me indicou o guia James que mesmo com o adiantado na hora (quando saímos de Castelo já passava das 10h30min) não se recusou a me acompanhar nessa aventura.
Foram 25km de carro numa estrada de piçarra mas, em boas condições, depois, uma caminhada acho, de uns 2 ou 3 km no meio da vegetação seca devido a estação do ano.
Infelizmente, como o lugar não é aberto ao público, o local não está limpo, o mato toma de conta do local o que dificultou nossa caminhada, as foto que não ficaram totalmente limpa devida a vegetação.
O "Castelo das Barrocas" é muito bonito, tem uns arcos grande e vária grutas escura que não tentamos explorar. No entanto, para se chegar ao topo tivemos que passa por uma fresta na pedra (vejam as fotos) mas valeu a pena.
No final de tudo isso, depois de ficar todo arranhado com os galhos secos e, principalmente, com os espinhos das macambiras, tomamos um bom banho gelado no Rio São Miguel.

VEJAMOS AS FOTOS, CLICK NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS!

Chegando às margens do Rio São Miguel, ponto de partida para o Castelo das Barrocas

E começa a caminhada sob um sol escaldante!

James, o guia!

Nesse local tem uma porteira. Ao entrarmos registramos essa placa que diz o este local é uma propriedade particular, cuja entrada é proibida e, também,  área de preservação ambiental.

De longe observamos a imponência do Castelo das Barrocas



Os primeiros registro no Castelo das Barrocas foram das inscrições rupestres



Circulando o Castelo





Os arcos do Castelo das Barrocas








 "Porta" de entrada do Castelo das Barrocas

 Passagem para o topo do Castelo das Barrocas

 James verificando se não há nenhum bicho peçonhento ou outro tipo de obstáculo à nossa passagem

 Tudo limpo!

O topo do Castelo das Barrocas





 Voltando! Ainda tem gente que diz que fotografar paisagem é moleza.


 Imagens da parte externa do Castelo das Barrocas

 O arco coberto pela vegetação, uma pena!

As macambiras que crescem encrostada nas pedras
















Ufa! Depois de muito calor, sede, de ficar todo arranhado com os galhos e as macambiras, nada como se refrescar nas águas do Rio São Miguel. 


2 comentários:

  1. Stanley, parabéns pelo seu trabalho, cada dia fico mais encantado com as nossas paisagens.

    ResponderExcluir
  2. Sou da Ibiapaba e sempre tive admiraçao pelo Piauí. Através desse site estou vendo belezas desconhecidas, exoticas e simples, mais uma das riquezas Piauienses, cujo estado tem tudo para deslanchar no seculo XXI com o maior potencial de crescimento.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião sobre a postagem.