27 de jun de 2011

Festival de Inverno de Pedro II, 8ª Edição - 2011

O Festival de Inverno de Pedro II no  Piauí, é um evento que se realiza no mês de junho sendo esta sua oitava edição. O evento é realizado pela Prefeitura de Pedro II e o Governo do Estado, com apoio do Sebrae, Fundac, etc.
O Festival a cada ano traz artistas de renome nacional e até internacional (Stanley Jordan, na edição anterior). Neste ano, as principais atrações nacionais foram: Edson Cordeiro, Nando Reis e Vanessa da Mata. As atrações locais foram: Orquestra Tamoio,Rubens Lima e Banda, Validuaté, Júlio Medeiros, etc.
Além das apresentações artísticas, Pedro II oferece aos visitantes ótimas opções de turismo ecológico como as cachoeiras do salto liso e urubu rei, visita à Minas de Opala, Museu da Roça, Mirante do Gritador.
No Sítio arqueológico da Lapa os visitantes também ponderam apreciar as pinturas rupestres. Além dessas opções, o Sítio Buritizinho os visitantes poderão tomar um caldo de cana extraído na moeda movida por carro de boi, comer ou comprar um beiju, uma farinha ou mesmo uma rapadura, além de apreciar um forrozinho pé de serra.
O centro de Pedro II oferece ao turista uma bela paisagem nos seus casarios de arquitetura colonial portuguesa.
Além das atrações artísticas, culinárias, artesanato, os visitantes tem ainda a oportunidade de praticar esporte radicais como fazer uma trilha de moto ou mountain bike, ou um rapel nos paredões de suas cachoeiras,
Abaixo segue algumas fotos para apreciação.

CLICK NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS.

Pedro II, a cidade da Opala.

















Uma das principais fonte da economia de Pedro II é a extração da Opala. Ao vistar Pedro II o visitante terá o oportunidade de conhecer belas joias feita com essa pedra semipreciosa. 


O principal palco do Festival de Pedro II é denominado "Palco Opala" é nele, que se apresentaram as principais atrações.

















Edson Cordeiro foi o primeiro artista nacional a se apresentar no Festival brindando o público com seus belos recursos vocais. A atração local foi Danilo Rudah.





A atração local do segundo dia foi Rubens Lima e Banda que fez um maravilhoso espetáculo cantando músicas de Cole Porter, Tom Jobim, Beatles entre outras.





























A atração nacional do segundo dia foi Nando Reis e os Infernais que fizeram um show sensacional  empolgando todos os presentes.




















A grande atração nacional do terceiro dia foi Vanessa da Mata que também fez um dos melhores show desse evento. E todos os presentes literalmente tomaram um banho de chuva. A atração local foi Júlio Medeiros.

















O términos dos show não significava o fim da festa. Os visitantes ainda tinham outras opções como assistir outros shows que eram realizados em bares como o "Groove da Esquina"  com os cantores Roraima e Teófilo.

















Na praça Domingos Mourão,  o palco Morro do Gritador com atrações regionais e a feira de artesanato.






Ao lado da praça Domingos Mourão é possível apreciar as belas casas de arquitetura colonial.








Ao que parece, as casas coloniais de Pedro II estão ameaçadas pela construção de centros comerciais como esse da foto.

















O Mirante do Gritador é um paredão como 720 metros, e situa-se a 12 km do centro de Pedro II. Nesse local, o tempo passa e o visitante não percebe só admirando a bela paisagem do lugar.






























Com uma queda d'água de 26 metros e localizada a 14 km do centro de Pedro II, o turista pode apreciar e tomar um bom banho gelado na cachoeira do salto liso.

















Fazer uma trilha de bike ou moto é outra opção de lazer durante o festival. Nessa trilha de moto, eu e Ricardo descemos uma serra com mais de 700 metros de altitude e chegamos na localidade denominada Crioulas. O problema, é que não havia saída e tivemos que subir a serra.

 Pelo menos tinha a paisagem para compensar tanto sacrifício.



















Na descida da serra encontramos  casas  abandonada por antigos moradores
Para variar, descer uma serra sempre exige um grande esforço.



















Esta é a serra que descemos para a comunidade Crioulas, e que depois, tivemos que subir.



















Os poucos moradores do local.


















                                 Outra casa abandonada por antigo morador do lugar.

Sítio Buritizinho, localizado a 3km do centro de Pedro II. Fazendo de Beiju de farinha de mandioca com coco ralado.

















Espremedeira artesanal de mandioca para fazer a farinha.

























Moedeira de cana de carro de boi. O turista pode beber o caldo de cana ou comprar uma rapadura feita na ora.
 O Caldo de cana dos tachos para fazer a rapadura


FOTOS: Stanley Moore


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião sobre a postagem.