23 de jun de 2011

Cânion do Rio Poti

Nos dias 18 e 19 de junho de 2011, eu e Juscelino fizemos mais uma aventura fotográfica ao cânion do rio Poti. Para quem não sabe, o rio Poti nasce no Ceará e chega ao Piauí cruzando uma falha geológica.  com isso, criou-se uma paisagem de indescritível beleza e que se encontra ainda semidesconhecida, sendo um local que abriga um relevo, flora e fauna que precisam ser preservados.

O cânion do Rio Poti possui paredões que chegam a ter 60 metros de altura. A rocha é cheia de escavações feitas pela correnteza, originando estranhas e belas formas, chegando a formar  cavernas e abrigos naturais, muito utilizados pelos pescadores que infelizmente tem deixado poluído suas margens com sacos e garrafas plásticas.
A cerca de 230 km de Teresina e localizado no município de Buriti dos Montes,cânion tem duas estradas vicinais de melhor acesso, uma pela cidade de Castelo do Piauí e outra pela cidade de Juazeiro do Piauí. Optei em ir pela cidade de Juazeiro, passando pelos povoados de Buriti da Milanês, Mãe d' água até a parada final. O pernoite foi no povoado de Conceição dos Marreiros onde fomos bem recebido pelo Senhor Antônio que providenciou o lugar para armarmos as barraca e Dona Maria, sua esposa que nos preparou o jantar e café da manhã.
O principal objetivo de mais uma (faremos outras) aventura fotográfica foi registrar o cânion com os ipês às suas margens e, com um pouco de sorte pegar um céu azul. 

CLICK NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS.

Essa foto foi tirada na estrada à margem da estrada para Juazeiro. 
 O caminho até o cânion nos reserva várias imagens de imensa beleza.




 Os Ipês

































Meu amigo Juscelino fazendo seus registro do Cânion.                                                    

Nessa foto e nas seguinte estou fotografando os paredões do cânion.












Esse curso do cânion tem o formato do mapa do Piauí.
















                             
                                Os ipês e o céu azul do cânion 



As águas do cânion fizeram uma espécie de escamas nessa rocha.
Povoado de Conceição dos Marreiros onde dormimos.



















                                Fotos do domingo (18-06-11) no cânion.





 As trilhas do cânion

 Essas imagens é para quem pensa que é fácil registrar essa imagens do cânion do poti. Suas trilhas são longas, algo em torno de 15 Km de caminhada sob um calor de um sol muito forte. Juscelino fotografando.


















Eu (foto: Juscelino), fazendo os últimos registros fotográficos.















Depois das fotos, voltamos caminhando num calor insuportável ao sol do meio dia (sem água) para a cachoeira da "lembrada" para um merecido banho.












 Foto: Juscelino

















                                Voltando para casa. Foto: Juscelino




2 comentários:

Deixe sua opinião sobre a postagem.