28 de set de 2009

Trilha de Moto para o Canion do Rio Poty

No dia 29 de agosto de 2009, juntamento com os amigos: Ricardo Troccoli, Feranando Gayoso, Henrique "Lili", Paulo Humberto, Bruno e sua Esposa Jaqueline, saimos de Teresina com destino ao Canion do Rio Poty partido do município de Juazeiro do Piauí, no entanto, no caminho tivemos alguns problemas como a quebra da moto do Bruno (consertada pelo Paulo Humberto) e a queda da Jaqueline que machucou o dedo da mão. Esses fatos acabaram atrasando um pouco a trilha impossilbitando que chegassemos até a cachoeira da Lembrada.

Mapa do GPS para o Canion















 


Partimos de Juazeiro e antes da localidade denominda Aroeira a moto do Bruno teve um problema na boia do carburador e começou a vazar gasolina, enquanto o Paulo Humberto consertava, aproveitei a oportunidade tirei algumas fotos para registrar o ocorrido e também para mostar a árida paisagem do local.




















Depois de consertar a moto seguimos até chegarmos ao Rio Poty onde aproveitamos para  resfrecar e prosseguir a trilha no calor do Piauí. Na foto temos o amigo Fernando Gayoso atravessando o rio.





































 

Depois do banho, seguimos  até o local chamado Baixa Comprida (eu acho), nesse local o morador vende gasolina e aproveitamos para abastecer as motos e descansar um pouco.




















Por fim, chegamos à Fazenda Injeitado construída na década de 1950, serve de ponto de apoio para que quer ir ao Canion de moto ou bicicleta. A fazenda fica cerca de 60 km de Castelo do Piauí, é o caminho mais curto para chegar ao Canion. Infelizmente depois do acidente da Jaqueline tivemos que "abortar" o banho na cachoeira da lembrada e nos contentar com o banho no velho e bom Rio Poty que fica perto da fazenda.

Fazenda Injeitado


































Fotos: Stanley Moore

Castelo do Piauí, um lugar para ser descoberto

A origem do Município de Castelo do Piauí data do início do século XVIII, quando chegaram as primeiras famílias no lugar denominado Rancho dos Patos, que foi elevada à categoria de freguesia em 1742, sob invocação de Nossa Senhora do Desterro.

O povoado Rancho dos Patos foi elevado à categoria de vila e sede Municipal, por Carta Régia datada de 19 de junho de 1761, com a denominação de Marvão. Esse ato doou uma légua de terra para patrimônio de sua municipalização. A instalação do novo município deu-se no dia 13 de setembro de 1762.

O nome Vila de Marvão foi modificado para Vila de Castelo em 1890, mas em decorrência de legislação que proibia a duplicidade de nomes nas cidades e vilas brasileiras, o município voltou a sua denominação primitiva de Marvão em 1942, com resistência por parte da população. Até que em 15 de dezembro de 1948 foi elevada à categoria de cidade por um Decreto Estadual e passou a denominar-se Castelo do Piauí. Mas a instalação solene da cidade só ocorreu em 01 de janeiro de 1949.

Além da origem histórica do município de Casteló, se faz necessário informar suas belezas naturais ainda pouco explorada. A pedra do Castelo formação rochosa de raríssima beleza dá nome ao município, a cachoeira do covão que é tão bela sêca ou cheia, as formações rochasas do Picos dos Andrés, o ninho do urubu com suas inscrições rupestres, da mesma forma no morro do jatobá.

Este é portal da cidade de Castelo do Piauí. Seu idealizador, desingner e autor da foto é o amigo Juscelino Reis. Juscelino também é o idealizador de um monumento para a pedra do castelo, mas que apesar da beleza, parece que não vai ser construído porque tudo indica que o Governo do Estado já licitou outro projeto menos arrojado e feito de material totalmente diferente das famosa pedra decorativa originária da região como essa do portal. Mas se você tiver a curiosidade de conhecer o projeto do Juscelino acesse: juscelreis.blogspot.com

Foto: Juscelino Reis

















Igreja Nossa Senhora do Desterro - Castelo do Piauí
Câmara de Vereadores



A 30 km de Castelo o visitante poderá conhecer o Parque Municiapal Pedra do Castelo, maravilhosa formação rochosa que serviu de inspiração para o nome do município. A pedrat em esse nome porque suas formas lembram um castelo. O lugar também é usado por romeiros para rezar e agradecer pelas graças alcançadas.



















Saindo da cidade de Juazeiro em direção à Castelo, o visitante entra à direita e percorrendo em torno de 8 km e chegará a um lugar bonito de se ver. Trata-se da Cachoeira do Covão. A Cachoeira do Covão fica nas terras do Senhor Etevaldo, pessoa muito hospitaleira que não abre mão de pessoalmente mostrar essa maravilha da natureza. Tive a oportunidade de ir por duas vezes a Cachoeira uma quando estava com água (em maio) e outra sem (em julho), confesso que fiquei em dúvida quando ela é mais bonita, mas acho que essa dúvida cabe a cada um tirar, por isso, visite-a garanto que não vai se arrepender.

















 

Em maio/2009, época das chuvas a cachoeira estava linda e perigosa. Mas com a ajuda do Seu Etevaldo (que sabe o caminho das cobras), Eu, Celso e Henrique conseguimos descer e tomar esse banho maravilhoso.
P.S. Antes que pensem algo de errado, as marcas nas perna do Celso e na minha são devido ao short de ciclismo que conta com a ajuda do sol que faz esse "estrago".
Voltei em julho à cachoeira do covão com o Celso. Vejam como o Seu Etevaldo faz para descer até o fim da cachoeira. Foi dessa forma que descemos em maio quando tinha água (foto acima). É impressionante, são belezas distintas, mas confesso que não sei qual delas é a mais bonita.

Por essa foto pode-se apreciar o mesmo lugar com e sem água.


As fotos a seguir mostra nós descendo até o fim da cachoeira.


Essa foto é do final da cachoeira, é o único lugar que ainda fica com água. Mas, segundo seu Etevaldo ninguém toma banho nesse local devido a uma enorme cobra e jacarés. Bom, eu não esperei para verificar a autenticidade da informação, preferi confiar.

A cidade de Castelo é um paraíso para quem gosta do ecoturismo. Além do que já foi mostrado aqui, o município de Castelo é rico em escrições rupestres como as localizadas no local chamado Ninho do Urubu.




Próximo ao Ninho do Urubu encontramos as belas formações rochosas do Picos do Andrés. Imperdível!

















Saindo de Castelo em direção ao município de São Miguel do Tapuio, mais ou menos 30 km à direita, percorrendo um estrada de terra chega-se à localidade chamda Aroeira onde se localiza o Morro do Jatobá com sua beleza natural e suas inscrições rupestres. Mais à frente temos também uma beleza de Morro que denominamos de Pedra Furada, fica na localidade Cumbe de Cima.




Antes de Castelo o visitante pode conhecer a Cachoeira da Arraias. Trata-se de uma cachoeira com duas quedas d´águas, mas como a foto foi tirada no período das chuvas não é possível vê-las.
Fotos: Stanley Moore

27 de set de 2009

Fotos da Natureza

Neste espaço compatilharei com vocês algumas fotos que tirei, faz parte do aprendizado.































































































































































Fotos: Stanley Moore